Zarcao Solv 999 Vermelho Fosco 18 Lts

Zarcao Solv 999 Vermelho Fosco 18 Lts Emb.1 Pç

Marca:
SKU 10750901
    • 1
      Zarcão
    • 2
      Embalagem Com
      1 Pç Indisponível
      5 Pçs Indisponível
      25 Pçs Indisponível
      100 Pçs Indisponível
R$ 193,29
3 x de R$ 71,43 com juros
Mais formas de pagamento

1 x com juros de R$ 200,05

2 x com juros de R$ 103,52

3 x com juros de R$ 71,43

Desconto adicional
  • Acima de R$ 4.000,00
  • 2%
  • Acima de R$ 7.000,00
  • 3%
  • Acima de R$ 10.000,00
  • 4%
Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 193,29
3 x de R$ 71,43 com juros
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?
Fretes Especiais Clique e saiba mais

Produtos relacionados

Qual é o maior inimigo das superfícies metálicas? Se você respondeu ferrugem, está certo. Afinal, aplicar tinta não é o suficiente para evitar o problema. Para essa finalidade existe a solução ideal: o zarcão. Trata-se de um produto reconhecido justamente pelas suas propriedades anticorrosivas.

Segundo Gregório Bastos Alencar, gerente de produto da Tintas Eucatex, o zarcão pode ser utilizado em superfícies metálicas de aço carbono, com ou sem ferrugem, em ambientes externos ou internos. “Para outros tipos de metais, são recomendados outros tipos de fundos”, explica.

Como aplicar
A aplicação do zarcão é simples, porém, depende das condições da superfície metálica. Normalmente, basta lixar e remover o pó antes de aplicá-lo, a fim de garantir melhor aderência entre o produto e o substrato.

No caso de superfícies que já receberam algum tipo de removedor de tinta, é necessário limpar bem a área com tíner antes de empregar o zarcão. Em seguida, é imprescindível diluí-lo com aguarrás para manter suas características. “Não é recomendado utilizar gasolina, benzina ou outros solventes”, completa Alencar.

Para aplicar o zarcão sobre a superfície, deve-se utilizar um pincel macio ou rolo de pintura. Depois desse processo, basta dar o acabamento com uma tinta – em geral, esmalte sintético. Pronto! A superfície metálica da sua obra está 100% protegida contra os efeitos da corrosão.
Cuidados – Uso do Aço ALADIMMETAIS

O aço, como qualquer material estrutural, exige certos cuidados ao ser usado, para que sejam evitadas situações indesejáveis.
Alguns desses cuidados referem-se à corrosão e ao comportamento em situação de incêndio.


Corrosão

A corrosão é um processo espontâneo que reduz gradualmente as espessuras das chapas que formam as seções transversais dos componentes estruturais, que podem se tornar inválidos para as finalidades pretendidas. Como exemplo de dois casos extremos de ocorrência do fenômeno, um em que parte da parede de um pilar com seção tubular circular foi totalmente consumida junto à base e outro em que as chapas da região de uma ligação entre viga e pilar com seção I foram completamente tomadas pela corrosão (nota-se que a espessura das chapas se transformou em várias fatias soltas).

A velocidade de corrosão, medida pela redução da espessura com o tempo, depende da agressividade do ambiente. O processo é mais acelerado em locais com umidade relativa do ar alta, em ambientes poluídos, como os das grandes cidades e os industriais, especialmente quando sujeitos a vapores ácidos, na orla marítima, devido à presença de cloreto de sódio, e junto a piscinas, por causa do cloro.

Uma opção consiste em se usar os chamados aços resistentes à corrosão atmosférica. Tais aços, em virtude de suas composições químicas, apresentam velocidade de corrosão pelo menos quatro vezes inferior à dos demais, e podem, em atmosferas menos agressivas, ser utilizados sem proteção anticorrosiva.


Correto dimensionamento estrutural

Hoje no mercado é muito comum encontrar profissionais que subdimensionam ou superdimensionam suas necessidades conforme a obra, fato este que efetivamente trás prejuízo ao dono da obra. Como cuidado essencial, no tocante ao “bolso” do cliente, faz-se necessário um correto dimensionamento dos perfis e barras de aço ALADIMMETAIS, prezando sempre pela boa aplicação e economia.

Pintura e galvanização

A pintura e a zincagem por imersão a quente ou galvanização a fogo são os procedimentos mais usados para proteção da estrutura contra corrosão.
A galvanização consiste no recobrimento da superfície do aço por uma camada de zinco, obtido pela imersão das peças em grandes cubas com zinco fundido a aproximadamente 450ºC. Caso se queira, o aço galvanizado pode ser pintado.


Comportamento em Situação de Incêndio

Considerando que o aço seja um material incombustível, suas principais propriedades mecânicas degradam-se consideravelmente em altas temperaturas, com a redução da resistência ao escoamento e do módulo de elasticidade com o aumento da temperatura (relação entre a propriedade em temperatura elevada e a propriedade à temperatura ambiente, tomada igual a 20°C).

As reduções de resistência e rigidez se tornam um problema real quando ocorre um incêndio, situação em que a temperatura do aço normalmente supera 400°C, e pode ocorrer um colapso em decorrência da estrutura perder a capacidade de suportar as ações atuantes.

Para uma estrutura submetida a incêndio, a temperatura do aço sob a qual se dá o colapso denomina-se temperatura crítica. Se a estrutura estiver dimensionada para total aproveitamento do material (sem folga), a temperatura crítica situa-se geralmente entre 500°C e 700°C. Na prática, essa temperatura muitas vezes supera os 700°C, pois quase sempre, quando ocorre um incêndio, a estrutura não está sujeita a seu carregamento total, além de ser muito comum existir folgas no dimensionamento.


Reduções de resistência e rigidez do aço com a elevação da temperatura

Em algumas situações, há necessidade de se proteger a estrutura contra incêndio, para que a temperatura atingida pelo aço não alcance seu valor crítico. Tal proteção é feita usando materiais apropriados, normalmente tendo em sua composição gesso, fibras minerais ou produtos cerâmicos. Esses materiais costumam ter a forma de argamassa, a qual é jateada em toda a superfície exposta dos elementos estruturais, ou de placas rígidas, as quais são montadas em volta dos elementos.


Proteção contra incêndio de elementos estruturais

Alvenarias contornando pilares e embutimento de pilares e vigas em concreto são proteções clássicas. As alvenarias em volta dos pilares continuam sendo muito usadas até hoje, ao passo que o embutimento de elementos em concreto é pouco racional e praticamente não é mais empregado.


Proteções clássicas contra incêndio da estrutura de aço

Quando o prédio possui estrutura metálica aparente, e essa estrutura precisa ser protegida contra incêndio, para atender a exigências arquitetônicas pode ser usada tinta intumescente. Tal tinta, aplicada em película de 55 micrometros a 2500 micrometros de espessura, ao ser submetida ao calor, tem sua espessura aumentada entre 20 e 30 vezes, passa a apresentar um aspecto esponjoso e funciona como eficiente material de proteção contra incêndio.
Além disso, permite que sobre ela seja aplicada uma pintura de acabamento, de modo que a estrutura fique com a cor final desejada.
Uma maneira de reduzir o problema é o uso de aços resistentes ao fogo que, em virtude de suas composições químicas, apresentam degradação das propriedades mecânicas com a elevação da temperatura menos acentuada que a dos demais aços.
Assim, a proteção contra incêndio pode ser eliminada ou, na pior das hipóteses, reduzida.
No entanto, em praticamente todo o mundo, esses aços apresentam custo pouco competitivo e têm sido raramente empregados.
COMO PINTAR FERRO E AÇO ALADIMMETAIS!

É importante se tomar alguns cuidados básicos ao se preparar para pintar o ferro, especialmente se desejamos que ele dure e que também mantenha suas características estruturais intactas.


TIPOS DE SUPERFÍCIES

SUPERFÍCIES NOVAS, SEM INÍCIO DE FERRUGEM:
Aplicar uma demão de Fundo Óxido de Ferro e dar o acabamento (Tinta).

SUPERFÍCIES ENFERRUJADAS:
Remover totalmente a ferrugem, usando lixa ou escova de aço.
Aplicar uma demão de Zarcão Universal e dar acabamento.

REPINTURA:
Elimina-se a ferrugem e aplica-se Zarcão Universal apenas nas partes em que a superfície metálica ficou exposta.
Após a secagem, lixar levemente para nivelar e aplicar o acabamento.

COMO PINTAR FERRO COM TINTA ZARCÃO
Primer de excelente poder anticorrosivo e elevada resistência ao atrito e à ação das intempéries é fácil de aplicar e tem secagem rápida.
Possui ótima cobertura, rendimento, alastramento, flexibilidade, aderência e dureza.
Indicado como fundo anticorrosivo na pintura externa e interna de superfícies metálicas do tipo ferrosas, tais como: portões, tubulações, grades, condutores, etc.

DICA
Em superfícies externas utilize sempre verniz ou esmalte brilhante. Estes produtos são mais resistentes do que os foscos ou acetinado.

ZARCÃO
- Aplicação: Metais
- Método de aplicação: Aplicar 2 demãos, cruzando as passadas, com intervalos de 8 a 12 horas.
- Utilizar pincel ou trincha de cerdas macias, rolo de espuma ou do tipo pelo baixo para epóxi ou pistola convencional.
- Por ser um primer anticorrosivo e uma tinta de fundo, o Zarcão necessita que sobre ele sejam aplicados produtos de acabamento, completando assim o sistema de pintura.
- Diluição: com aguarrás – 10%
- Demãos: Uma a duas, com intervalo de 12 horas
- Secagem: Ao toque 4 horas – Final 24 horas
DESCRIÇÃO

É um fundo anticorrosivo, indicado para proteção de superfícies ferrosas, novas ou com indícios de corrosão em áreas internas e externas.

INDICAÇÃO

Produto de fácil aplicação, boa aderência, bom alastramento e ótima homogeinidade que proporciona excelente proteção contra corrosão e oxidação. Sua fórmula proporciona uma ação inibidora contra a corrosão, permitindo uma maior proteção da superfície.

PROPOSITO

Previne a ferrugem.

OBJETIVO

Aumenta a durabilidade da pintura.

Tecnologia de alta aderência.

NORMA

Este produto atende à ABNT NBR 11702:2010

COMPOSIÇÃO

Resina à base de óleo vegetal semissecativo, hidrocarbonetos alifáticos e aromáticos, cargas minerais inertes, pigmentos inorgânicos, secantes organometálicos e pigmentos anticorrosivos isentos de metais pesados.

CONDIÇÕES DE SEGURANÇA

Para assegurar a qualidade dos produtos consideramos fundamental a utilização do nosso sistema de pintura completo (fundos, massas, diluentes e acabamentos) de acordo com as instruções contidas na embalagem, Boletim Técnico ou Orientativo Técnico.

PRECAUÇÕES

Manter a embalagem fechada, fora do alcance de crianças e animais; Não reutilizar a embalagem; Armazenar em local coberto, fresco, ventilado e longe de fontes de calor;
Manter o ambiente ventilado durante a preparação, aplicação e secagem; Para manuseio e aplicação recomenda-se usar óculos de segurança, luvas e máscara protetora; Em caso de contato com a pele e olhos, lavar com água potável corrente por 15 min; Em caso de inalação, afastar-se do local; Se ingerido não provocar vômito. Consulte um médico levando esta embalagem; Este produto é destinado para pinturas de edificações não-industriais, siga as recomendações de uso. Caso haja sobra deste produto, pinte outros locais ou faça doação; Esta embalagem destampada e com resíduos secos de produto, é classificada segundo a norma NBR 10.004 como RESÍDUO NÃO PERIGOSO/ NÃO INERTE, devendo ser destinado à reciclagem conforme o tipo de embalagem; Muitas prefeituras disponibilizam áreas para destinação de resíduos da construção Civil. Consulte o departamento responsável pela coleta de lixo em seu município; Para maiores informações consulte a FISPQ - Ficha de Segurança do Produto, DIRETO DO FABRICANTE através da ALADIMMETAIS.

Opiniões sobre o produto

Indique a um amigo

Preencha os campos abaixo e clique em Indicar Produto.
A sua indicação será enviada para o e-mail especificado.

Avaliar produto

Preencha seus dados, avalie e clique no botão Avaliar Produto.
Muito Ruim Ruim Bom Muito Bom Excelente

Compre por marcas

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca